DPMG integra gabinete para monitorar movimentações no 7 de setembro

Por Assessoria de Comunicação em 10 de setembro de 2021

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) foi umas das instituições que integrou o gabinete de crise, formado por forças de segurança e instituições de controle externo, para acompanhar as manifestações no dia 7 de setembro.

Durante todo o dia, o assessor Institucional Wilson Hallak Rocha acompanhou diretamente do gabinete, instalado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Administrativa, as manifestações em Minas Gerais.

O gabinete integrado monitorou as movimentações em Belo Horizonte e em cerca de 150 municípios

Além disso, defensores públicos em atuação na Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais (DPDH), permaneceram de plantão para fins de orientação e eventuais providências relacionadas ao exercício dos direitos de reunião e de livre manifestação do pensamento.

De acordo com Wilson Hallak, o balanço da operação foi positivo, sem nenhuma alteração relevante ou registro de grande ocorrência policial.

O defensor público parabenizou a todos os envolvidos, em especial à Polícia Militar, responsável por conduzir o trabalho integrado.

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS