DPMG desenvolve dinâmica com os servidores voltada para o aprimoramento do atendimento ao público

Por Assessoria de Comunicação em 11 de agosto de 2021

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG), por meio da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI), promoveu nesta semana uma dinâmica com os servidores focada no aperfeiçoamento do atendimento ao público.

O evento aconteceu entre os dias 9 e 12 de agosto. Participaram os servidores das seguintes áreas: atendimento ao público presencial e remoto; triagem e processos; e área da família, cível e criminal.

A iniciativa tem como objetivo aprimorar o fluxo, o processo e o sistema de atendimento ao público dentro da DPMG. Para isso foram utilizadas as metodologias Deep Dive (trabalha conceitos para desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos) e Design Thinking (técnica de abordagem para solucionar problemas de forma colaborativa).

O mediador do encontro, Antônio Lopes, diretor de Desenvolvimento de Sistemas e Projetos (DDSP), explicou que o evento é um mergulho profundo em atendimento.

“Por meio das metodologias somos capazes de captar tudo o que acontece no atendimento e o que precisa para avançar. Conseguimos também compreender a necessidade real que vai agregar valor para o atendente e assistido, gerando um reflexo direto para os defensores públicos”, afirmou Antônio Lopes.

Durante a dinâmica, os servidores puderam relatar os principais desejos, necessidades e problemas dentro do atendimento. A partir das informações apresentadas, buscaram compreendê-las e entender o que e como poderiam ser resolvidas, separando os problemas em sistêmico e não sistêmico, depois apontando o que é essencial, importante e supérfluo para o atendimento.

Segundo a servidora Zeuza Vilar, que atua na triagem da Defensoria Especializada de Urgências Criminais, a iniciativa foi produtiva, já que por meio da interação com os outros setores foi possível entender as necessidades gerais e apontar as possíveis soluções para melhor atender ao assistido. 

“Também tivemos a oportunidade de trocar experiências. Com isso, até mesmo aproveitar o que foi abordado para ajudar no desenvolvimento do atendimento do nosso e de outros setores”, acrescentou.

O servidor Davi Antero, da Coordenadoria das Defensorias das Famílias e Sucessões da Capital, destacou que a dinâmica não apenas agregou valores para o atendimento da DPMG, mas também para os servidores, que puderam compartilhar informações.

Também participaram da mediação do evento as servidoras Luisa Cassini, Ana Clara Coelho e Helena Fernandes, todas em atuação na Diretoria de Desenvolvimento de Sistemas e Projetos (DDSP). “Uma vez que a porta de entrada do nosso assistido é o atendimento, um trabalho bem feito e bem harmonizado agrega valor para instituição”, finalizou Antônio Lopes.

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS