Defensoria Pública realiza atendimento à população LGBTQIA+ em situação de rua em BH

Por Assessoria de Comunicação em 1 de outubro de 2021

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) promoveu mais uma ação da “Defensoria Itinerante”. Dessa vez, a assistência foi prestada à população LGBTQIA+ em situação de rua de Belo Horizonte.

O atendimento itinerante às assistidas aconteceu nesta quinta-feira (30/9), na Rua Sergipe, bairro Funcionários, com a participação de defensora e defensor públicos em atuação na Defensoria Especializada em Direitos Humanos, Coletivos e Socioambientais (DPDH).

Estiveram presentes a defensora pública Júnia Roman Carvalho e o defensor público Vladimir Rodrigues. Para eles, a Defensoria Pública Itinerante amplia as possibilidades de atender e estabelecer uma proximidade com as assistidas e assistidos e os fatos de denúncia.

Fotos: Marcelo Sant’Anna/DPMG

No atendimento foram feitas denúncias de abordagens homofóbicas e violência moral, física e psicológica cometidas contra mulheres transexuais que estão em situação de rua.

Luana, coordenadora do movimento de apoio a mulheres trans que vivem em ocupações ou nas ruas da capital mineira, pontuou sobre a importância da atuação de defensores públicos à população LGBTQIA+.

“A Defensoria é muito importante para nós transexuais e, no caso delas, em situação de rua. Principalmente, para que essas mulheres possam entender que não estão sozinhas e como lidar com os problemas que a rua nos oferece”, afirmou.

O intuito dessa atuação é levar atendimento e ouvir grupos em situações de maior vulnerabilidade social, de acordo com relatos de movimentos sociais e militantes.

“Essa ajuda é muito importante para a gente não se sentir só. Nos sentimos protegidas, podendo recorrer a alguém que tenha o conhecimento”, reforçou uma das assistidas.

A ação teve a participação da Coordenadoria de Projetos, Convênios e Parcerias da DPMG.

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS