Defensoria Pública de Minas participa da última reunião do Comitê Extraordinário Covid-19

Por Assessoria de Comunicação em 10 de março de 2022

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) foi representada pela chefe de Gabinete, defensora pública Raquel da Costa Dias, na última reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, realizada nesta quinta-feira (10/3), na Cidade Administrativa.

O plano Minas Consciente, elaborado para o acompanhamento da pandemia da Covid-19 e a criação de protocolos para a retomada gradual e segura das atividades econômicas, será finalizado no próximo sábado (12/3).

A decisão se deu a partir do avanço da vacinação e a queda no número de casos e taxa de óbitos pela Covid-19 no estado. Somente na última semana, a incidência caiu 50%. Considerando os últimos 14 dias, a queda chega a 60%. Há seis meses, Minas Gerais está com todas as macrorregiões na Onda Verde do plano.

A reunião, coordenada pelo governador Romeu Zema, aconteceu na Cidade Administrativa – Fotos: Marcos Evangelista/ Agência Minas

Em seu pronunciamento, o governador Romeu Zema destacou a efetividade do combate à pandemia em Minas Gerais e lamentou as vidas perdidas.  

“Estamos encerrando um ciclo após dois anos de pandemia. Podemos dizer que o plano cumpriu a sua função. Temos a menor mortalidade dos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Lamentamos muito as mais de 60 mil vidas perdidas, mas esse número poderia ter sido maior, não fosse a condução adequada feita por todos nós”, enfatizou o governador.

“Temos consciência de que fizemos tudo aquilo que estava ao nosso alcance. Agradeço o empenho e dedicação de todos neste período e tenho a certeza que conseguimos salvar muitas vidas ao longo da pandemia”, completou Romeu Zema.

Chefe de Gabinete, Raquel da Costa Dias, na reunião final do Minas Consciente. A Defensoria Pública mineira participou de todas as discussões do comitê, contribuindo com a tomada de decisões para o combate à pandemia

Monitoramento

A partir de agora, as deliberações serão realizadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), por meio do Comitê de Monitoramento de Eventos (CME). Ele será responsável por manter a regularidade das discussões técnicas e das tomadas de decisão frente às emergências em saúde pública, congregando informações atualizadas, apoiando os municípios e delegando atribuições aos gestores e às unidades técnicas.

Participavam do Comitê Extraordinário Covid-19 o governador Romeu Zema, secretários de Estado, Defensoria Pública de Minas Gerais e representantes do Ministério Público do Trabalho, Ministério Público de Minas Gerais, Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Tribunal de Contas do Estado, entre outros órgãos estratégicos.

Fonte: Ascom/DPMG, com informações da Agência Minas

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS